Rede dos Conselhos de Medicina
CRM-ES realiza sua 2ª Oficina Judicante

Com o mesmo objetivo de exercitar a avaliação dos mais variados casos éticos e obter ainda mais conhecimento para exercer a função judicante que o Conselho de Medicina exige, o CRM-ES realizou sua 2ª Oficina Judicante, no dia 21 de novembro, no Auditório do próprio Conselho.

De acordo com o Presidente do CRM-ES, Dr. Celso Murad, assim como na 1ª Oficina, esse segundo evento fez com que os conselheiros avaliassem casos fictícios, porém baseados em fatos reais, em situações conflitantes que chegam a mostrar que o mesmo fundamento pode ser usado para absolver ou condenar uma pessoa.

“A boa aceitação do primeiro evento, realizado em outubro, nos fez decidir em realizar outras oficinas, apresentando casos diferentes e cada vez mais complexos para exercitar a função judicante. Esse tipo de oficina deixa nossos conselheiros mais seguros para avaliar sindicâncias e processos”, informa Murad.

A Oficina Judicante, resume Murad, é um exercício bem fundamentado, que proporciona debates acalorados e ricos em observações de normas, leis e costumes da sociedade atual.

As oficinas seguem as diretrizes das obras do jurista Lon L. Fuller, sobre introdução prática às relações entre direito, moral e justiça. Fuller é um dos expoentes do Direito Realista e ex-professor de Direito da Universidade de Harvard.

Veja foto da 2ª Oficina Judicante do CRM-ES.

2ª Oficina Judicante - foto 2

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner