Após as fortes chuvas que castigaram o Espírito Santo em dezembro, fazendo com que até hoje várias regiões continuem alagadas, foi registrada, no último domingo (29), a primeira morte suspeita de leptospirose no Estado.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), exames estão sendo realizados fora do Estado para confirmar ou não o diagnóstico. O resultado dos testes deve sair em até 30 dias. A vítima, informou a Sesa, é um morador da região da Grande São Pedro, em Vitória.

A Sesa alerta as pessoas que entraram em contato com água suja das enchentes a ficarem atentas aos sintomas da doença, como febre alta, dor de cabeça, dor muscular, náuseas, vômitos, icterícia e diarreia. Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, mais eficaz o tratamento.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.