Renúncia da diretoria da Fundação Hospitalar e de Assistência Social de Domingos Martins (Fhasdomar), mantenedora do Hospital e Maternidade Dr. Arthur Gerhardt, não pode comprometer o atendimento na unidade hospitalar.

O presidente do CRM-ES, Carlos Magno Pretti Dalapicola, reforça a fala do presidente do Sindicato dos Médicos (Simes), Otto Baptista, de que a atitude da diretoria, que deixou, de uma hora para outra, o Hospital sem gestão, é totalmente reprovável. “Não podemos concordar com uma atitude intempestiva dessa”, disse Dalapicola.

O CRM-ES e o Simes pedem urgência às autoridades públicas competentes para adotar uma ação para impedir o fechamento do Hospital e o consequente prejuízo à população.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.