O desrespeito ao médico capixaba parece não ter fim. Desta vez é a Prefeitura de Apiacá que divulga edital para a realização de processo de seleção simplificado para cadastro de reserva visando e contratação temporária de médico, com salários irrisórios.

A Prefeitura quer que você, médico, trabalhe 10 horas semanais por R$ 1.656,75 mensais, para várias especialidades, e por R$ 8,5 mil mensais, para 40 horas semanais, para médico “generalista e da família”.

“É mais um desrespeito que têm se espalhado pelos municípios capixabas, que realizam concursos com salários aviltantes. Mais uma vez, então, cabe-nos orientar ao médico para que não se submeta a esse tipo de processo”, ressalta o presidente do CRM-ES, Carlos Magno Pretti Dalapicola.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.