A ferramenta mais importante no combate aoCOVID-19 é a EDUCAÇÃO.

Foi fazendo essa reflexão que o Conselho Regional de Medicina do Estado do Espírito Santo entendeu que as visitas aos pacientes comuns internados exigem maior atenção, e desta forma sugere aos Diretores Técnicos e Clínicos das Unidades de Internação Hospitalar, públicas e privadas a suspenderem as visitas.

Sugerimos ainda que cada instituição deva investir todos os esforços para que haja uma restrição na troca de acompanhantes; bem como, na circulação dos pacientes no interior das unidades.

As Unidades de Pronto-Atendimento e de Pronto-Socorro também devem ter controle de acesso, evitando a circulação de pessoas não comprometidas com o processo de assistência e enfrentamento ao COVID-19.

É o que temos a sugerir.

Comitê de Gerenciamento da Crise envolvendo o CORONAVÍRUS do Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.