Os desafios no atendimento na gestante e lactante com Covid-19 foi o tema do webinar promovido pelo Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM-ES), com o apoio da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do ES (Sogoes) e da Sociedade Espiritosantense de Pediatria (Soesp).

A transmissão foi feita pelo canal do CRM-ES no Youtube e contou com 4 palestrantes, além do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus do CRM-ES, representado pela conselheira Dra. Marta Helena Zortea Pinheiro Cunha, organizadora e mediadora do evento. O público participou por meio do chat, com comentários e perguntas.

O vice-presidente do CRM-ES, Dr. Aron Stephen Toczek Souza, abriu o evento e, ao final, destacou que o webinar atingiu seus objetivos, pois as aulas e os debates contribuíram para esclarecer acerca das particularidades no atendimento das gestantes, além de tirar dúvidas quanto à imunização.

Participação

As exposições das palestrantes foram de alto nível e trouxeram subsídios para uma melhor compreensão sobre o cenário atual do atendimento às gestantes e lactantes diante da pandemia da Covid-19, além de esclarecimentos com relação à imunização nesse grupo.

A Dra. Jaqueline Alvarenga Rocha, representante da Sogoes e membro da Câmara Técnica de Ginecologia e Obstetrícia do CRM-ES, ministrou aula sobre as considerações no atendimento ambulatorial da gestante. “Mais de 90% das gestantes infectadas se recuperam sem precisar de internação hospitalar, mas é necessário ficar atento porque elas podem evoluir com piora clínica”, mostrando que as gestantes são consideradas grupo de risco.

A Dra. Carolina Loyola Prest Ferrugini, coordenadora da Unidade Materno Infantil do HUCAM/EBSERH/UFES, falou sobre considerações no atendimento da gestante com COVID-19 que necessita internação. “A paciente grávida com Covid-19 evolui com uma gravidade maior do que as pacientes não grávidas”. Deve-se levar em consideração a idade gestacional e o estado materno e fetal para decidir sobre a interrupção da gestação.

A Dra. Racire Sampaio Silva, presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Soesp, ministrou aula sobre Covid-19 e Amamentação. “Não podemos suspender o aleitamento materno por medo ou precaução, a mãe pode continuar amamentando de máscara porque vai valer muito à pena continuar a amamentação”.

Imunização na gestação

Ao final Dra. Ana Paula Neves Burian, membro da Comissão de Calendários Vacinais e Consensos da Sociedade Brasileira de Imunizações – SBIm, ministrou aula sobre Imunização na Gestação. Dra. Ana Paula reforçou que a decisão da imunização na gestante é compartilhada com a paciente e deve estar sempre documentada em prontuário médico.

Ela informou que, na última quinzena de maio, a Febrasgo, a Sogoes e a Abim, devido a suspensão da vacinação contra Covid-19 em todas as gestantes, exceto para as que possuem comorbidades, sugerem que as gestantes sejam orientadas a fazer uso da vacina com fator viral, visto seu risco x benefício.As gestantes sem comorbidades, até que se resolva e termine o estudo da vacina Oxford/Astrazeneca, estão suspensas da vacinação.

Mas seja qual for o caso, a orientação deve ser documentada em prontuário, e a prescrição da vacina deve dizer que a paciente foi orientada sobre risco/benefício e a decisão foi compartilhada.

A prescrição deve, inclusive, ser confeccionada em duas vias. Uma para a paciente levar, e a outra para ficar anexada ao prontuário médico.“Ainda não dispomos de um modelo deste ‘Formulário’ de decisão compartilhada, mas representantes do Conselho ficaram de conversar com representantes da Sogoes para a elaboração de um modelo padrão”.

Ao final, os palestrantes responderam aos questionamentos dos participantes.

A íntegra do webinar está disponível no canal do CRM-ES no Youtube. Clique no link e assista:https://youtu.be/DD9RmKPu4eM

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.