Os programas de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade no Espírito Santo contam, atualmente, com mais de 20 médicos em formação. São cursos ligados a instituições de ensino e assistência médica em parceria com as redes de saúde pública e privada nos municípios da Grande Vitória e interior do Estado. Unesc, Santa Casa de Misericórdia de Vitória e UVV, que já formaram suas primeiras turmas, além da Unimed Vitória e Ufes, que iniciaram as atividades neste ano.

A especialização, informa o presidente da Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade, Marcello Dala Bernardina Dalla, é realizado em dois anos. “É uma especialidade antiga e importante, que ganhou um novo impulso com a implantação do Programa Saúde da Família (PSF), na década de 1990, e seguiu-se de uma crescente demanda pela especialidade no setor público e, mais recentemente, na saúde suplementar, o que provocou a necessidade de abertura e ampliação de vagas no nosso Estado”, informa Dalla.

Até fevereiro deste ano, o Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM-ES) registrou 61 especialistas em atuação no território capixaba – espera-se que este número seja acrescido anualmente com os mais de 20 profissionais a serem formados nas cinco instituições capixabas.

A Medicina de Família e Comunidade é a especialidade responsável por proporcionar atenção integral e continuada a todo indivíduo que busca assistência médica. O especialista nesta área tem competência clínica para proporcionar a maior parte da atenção que a pessoa necessita, considerando sua situação familiar, cultural, socioeconômica e psicológica. Quando necessário, outros profissionais da saúde são envolvidos no atendimento e tratamento médico.

Para melhor entendimento da importância do especialista em Medicina de Família e Comunidade, segue link para acesso a um texto curto e muito esclarecedor do médico Gustavo Gusso, publicado no Jornal do CFM.

http://www.sbmfc.org.br/media/file/documentos/artigo_para_o_jornal_do_cfm_final.pdf

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.