A Plenária do Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou, no dia 28 de abril, a organização de um abaixo-assinado para garantir a atualização do Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos, medida que deve ter impacto em inúmeros casos ainda não solucionados.

Desde 2011, o CFM conta com o apoio de seus regionais no desenvolvimento da campanha de prevenção ao desaparecimento de crianças e adolescentes. Entre as ações está a divulgação, junto aos médicos, de recomendações para o reconhecimento de pessoas desaparecidas, uma vez que muitas delas em algum momento passam por consultórios. No Brasil, são registrados em média 50 mil casos de desaparecimento de crianças e adolescentes por ano.

Clique aqui e nos ajude a fortalecer esta ação.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.