Agência recebeu 102.232 queixas de usuários no ano passado. A principal reclamação foi em relação à cobertura do plano

O número de reclamações contra planos de saúde cresceu 31% em 2013, na comparação com o ano anterior, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (10) pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). No ano passado, foram recebidas 102.232 reclamações de usuários, ante um total de 78.061 em 2012.

A principal reclamação foi em relação a cobertura do plano, com um total de 74.061 queixas – alta de 23,5% na comparação com 2012 (59.938). Em seguida, os outros temas mais reclamados foram os contratos e regulamentos (20.310) e as mensalidades e reajustes (4.952). A ANS destaca que no início de 2013 ampliou a capacidade de recepção de ligações simultâneas ao Disque ANS (0800 701 9656).

“A ANS vem se projetando como o principal canal de recebimento de demandas de beneficiários de planos”, afirmou a agência, em comunicado. “Como órgão regulador da saúde suplementar, a ANS atua para que haja equilíbrio no setor e está cada vez mais empenhada em garantir que os beneficiários tenham o atendimento que foi contratado”, acrescentou.

Segundo a agência, em 2013 também cresceu o percentual de reclamações resolvidas através da mediação feita pela ANS entre operadoras e consumidores, sem a necessidade de abertura de processos. O índice saltou de 78%, em 2012, para 82,6%, no ano passado. “De cada 5 reclamações recebidas, 4 foram resolvidas por mediação de conflitos”, destacou a a ANS.

Fonte:  http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/01/reclamacoes-contra-planos-de-saude-crescem-31-em-2013-aponta-ans.html

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.