O Conselho de Medicina realizou ontem (dia 9 de março), no seu Auditório, a segunda sessão de jubilamento dos médicos capixabas que completaram 70 anos em 2020 – a solenidade, naquele ano, foi suspensa em função da pandemia da Covid-19. Ao todo, 45 médicos foram homenageados. Outras três solenidades de jubilamento, referente aos médicos que completaram 70 anos em 2022, serão realizadas nos dias 14, 16 e 21 de março.

O presidente do Conselho, Dr. Fabrício Otávio Gaburro Teixeira, abriu a solenidade agradecendo aos colegas mais experientes por desbravar o caminho da Medicina no Espírito Santo para os mais jovens. Lembrou de muitos casos do passado, com experiências pessoais com os colegas “veteranos” e fez uma referência especial ao exemplo que eles deixam de amor à profissão para todos.

O otorrinolaringologia Dr. Paulo Sérgio Saade, um dos oradores do grupo jubilado, fez uma homenagem aos colegas de turma dos tempos de Ufes, reproduzindo imagens dos tempos de universidade e, especialmente, citando os que perderam a vida em função da pandemia.

“Mas é uma alegria rever os colegas e receber essa homenagem do CRM-ES”, disse Dr. Saade, que fez questão de fazer uma citação elogiosa aos que chamou de defensores da saúde da população. “O que seria de nós sem os nossos heróis do SUS?”

História

Outro a falar durante o evento foi o cirurgião geral Dr. Vinícius Gomes da Silveira. Ele destacou o privilégio de assistir o progresso do mundo durante toda uma vida. “Vocês já pararam para pensar em tudo que aconteceu durante nossa vida? Vimos o progresso da Medicina”, disse o cirurgião. “Dou graças a Deus por ter nascido na época certa.”

Dr. Silveira aproveitou para apelar aos colegas para que, agora, aproveitem a vida. “A Medicina cobra um preço muito alto. Temos de agradecer por chegar aos 70 anos”, destacou, também lembrando dos colegas médicos que morreram em função da Covid-19.

A ginecologista e obstetra Dra. Tânia Regina Lucas Carão, uma das homenageadas da cerimônia, lembrou dos bons tempos de faculdade e de que a sua turma foi uma das primeiras a ter uma boa quantidade de mulheres naquele tempo, quando ainda a profissão era predominantemente ocupada por homens. Ela entrou na Ufes em 1970.

Dra. Tânia aproveitou para mandar um recado aos estudantes que pretendem fazer Medicina: “Pense bem se é isso que você quer”? Para ela, é preciso pensar mais no amor à Medicina do que no retorno financeiro. Ela também pediu aos novos médicos que se dediquem muito ao trabalho. “Olhem o paciente e não a doença. Há uma pessoa na sua frente.”

O cirurgião pediátrico Sperandio Reinaldo Del Caro disse ter recebido o convite do CRM-ES para a cerimônia com muita emoção. Ele deixou claro sua paixão pela medicina, ao falar com orgulho da rotina profissional que ainda mantém e fez um apelo aos jovens que começam uma carreira na Medicina: “Estude muito! A Medicina é muito ampla”.

Além disso, lembrou da importância do paciente como figura central da Medicina e da dedicação que se deve dar a ele e ao trabalho. “Prepare-se para trabalhar duro. Você tem de estar 100% no trabalho. E lembre-se de fazer as coisas com simplicidade, para fazê-las direito. É na simplicidade que a Medicina é bonita.”

 

Os jubilados

 

MOYSES PEDRO AMOURY NADER

PAULO ROBERTO DE PAIVA

PAULO SERGIO SAADE

RENÉ GHIOTO RIBEIRO

SERGIO ANTONIO FARIA ONOFRE

SÉRGIO LAMÊGO RODRIGUES

SONIA MARIA VIANA

SPERANDIO REINALDO DEL CARO

TÂNIA MARA ALVES PRATES

TANIA REGINA LUCAS CARÃO

VICENTE PAULO TOLEDO

VINICIUS GOMES DA SILVEIRA

WILLIAM JOSEPH ROBINSON

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.