Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
FENAM avalia como gravíssima a contratação de médicos uruguaios sem Revalida

Dezesseis médicos uruguaios receberam, no último dia 31, do Ministério da Saúde os registros profissionais para trabalharem na Fundação Hospitalar de Caridade de Quaraí, no Rio Grande do Sul. Os profissionais não fizeram o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior (Revalida) e nem fazem parte do Programa Mais Médicos, do governo federal. Graças à uma decisão da 1ª Vara Federal de Santana do Livramento-RS, poderão trabalhar de forma regular enquanto vigorar a decisão.

O vice-presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Otto Baptista, avaliou que “a população corre risco, pois pode estar sendo atendida por pessoas sem a mínima qualificação, despreparadas ou sem condições de prestar um serviço adequado”. Para ele, esse tipo de conduta é gravíssima e a decepção é grande com o judiciário por estar dando margem para que isso aconteça no Brasil.

No ano passa o Ministério da Saúde publicou portaria que destinava à Fundação Hospitalar de Caridade de Quaraí recursos de R$ 728.261,99, sendo que a primeira deveria ser paga até o dia 31 de Dezembro. A ação na Justiça foi movida pelo município, que já conta com quatro profissionais fornecidos pelo Mais Médicos.


Fonte: site da Fenam

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© CRMES 2013 - Rua Professora Emilia Franklin Mululo, n. 228 - Bento Ferreira - Vitória, ES - CEP 29.050-730
Telefones | Matriz: (27) 2122-0100 - Fax: (27) 2122-0117 • Colatina: (27) 3721-5310 • Cachoeiro de Itapemirim: (28) 3522-7589 • São Mateus: (27) 3763-3989 • Linhares: (27) 3372-2993