Rede dos Conselhos de Medicina
Conselho orienta médicos e empresas para evitar pagamentos de boletos falsificados

O Conselho de Medicina orienta o médico e as empresas de Medicina para conferirem, com bastante atenção, a autenticidade dos boletos emitidos pela Autarquia, para evitar fraudes na cobrança.

No último mês de agosto, um caso de falsificação foi registrado na cobrança de uma empresa de Medicina.

A empresa prestadora de serviços de e-mails do CRM-ES fez uma auditoria e constatou que o documento foi emitido por outro endereço e com dados falsos.

O CRM-ES está adotando todas as medidas técnicas cabíveis para evitar a ação de fraudadores e recomendou à empresa, que pagou o boleto falsificado, que registrasse um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil, para a investigação do caso.

Além das orientações do exemplo abaixo, antes de confirmar o pagamento do seu boleto, verifique se o "Favorecido" é mesmo o Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo e se o "Banco Emissor" é a Caixa Econômica Federal. Caso essa duas informações não sejam constatadas, não confirme o pagamento.

Veja o que é falso e o que é verdadeiro no exemplo abaixo

Boleto falso 2

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner